FAQ

  • MEI significa microempreendedor individual. Para ser um MEI é necessário faturar hoje até R$ 81.000,00 por ano, não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter no máximo um empregado contratado que receba o salário-mínimo ou o piso da categoria. Os benefícios do MEI vão desde CNPJ e Alvará de Funcionamento sem custo e sem burocracia, quanto acesso a produtos  e serviços bancários, emissão de nota fiscal, baixo custo mensal de tributos em valores fixos e acesso a apoio técnico do SEBRAE.

     
  • O objetivo de uma aceleradora é apoiar startups com um modelo de negócios definido para se desenvolver e crescer. Para isso, os programas de aceleração costumam fazer uma chamada pública, selecionar um grupo de empresas para um programa intensivo de 3 a 6 meses, oferecer mentorias qualificadas e apresentar as startups para investidores e imprensa. Entre os exemplos de aceleradoras no setor de tecnologia temos a Darwin (Florianópolis), a Spin (Jaraguá do Sul) e aceleradoras americanas que já apoiaram mais de 1.000 empresas cada, como a Y combinator, a 500 startups e a Techstarts.

  • O salto é prioritariamente para quem é MEI. Caso a pessoa não seja, o ideal é que ela se torne MEI até o início dos saltos. Se alguém que não é MEI deseja participar, poderá, apenas, se sobrar vaga.

  • Os encontros poderão ser online ou presenciais, dependendo do formato que você for participar. Temos versões com encontros 1 e 2 vezes por semana, sempre no período da noite. O dia da semana será definido individualmente para cada turma.

  • A duração também varia em relação ao formato. Presencialmente são 12 semanas e online 9 semanas, com encontros todas as semanas. O conteúdo é o mesmo e não tem nenhum prejuízo nessa diferença para o MEI que participa do programa virtualmente, a diferença é que no ambiente virtual conseguimos ter mais agilidade no cronograma.

  • O Salto funciona com parcerias com agentes como o SEBRAE e poder público, prefeituras, que são financiadores do programa. A participação do MEI é totalmente gratuita durante toda a realização do Salto. O MEI que finalizar o programa de aceleração terá acesso a algumas premiações e ao certificado de participação.

  • Se você for MEI, do poder público, mentor ou de uma empresa/organização, você pode sim trazer essa solução para a sua cidade. Basta acessar a aba “Participar” no nosso cabeçalho.

  • Para participar do Salto você pode verificar aqui no site quais turmas estão com pré-inscrições abertas. É só identificar em qual delas você se encaixa e clicar para preencher o formulário. O prazo para a pré-inscrição estará descrito também nas informações. Após esse passo a equipe realizadora do programa fará uma seleção que avalia perfis e valida os critérios de participação. Enviaremos no seu e-mail a confirmação da sua inscrição e o resultado desse processo seletivo. Fique de olho na sua caixa de entrada e spam!

  • Cada turma tem uma cronograma específico. O Salto tem diversas edições ao longo do ano em diferentes formatos e localidades. Para acompanhar essas datas vale ficar de olho aqui no site e também nas nossas redes sociais @saltoaceleradora onde sempre compartilhamos as novidades. 

  • Caso você não se encaixe em nenhuma das turmas com inscrições abertas ou tenha perdido o prazo de inscrição, preencha o nosso formulário de interesse na página de “Participe” colocando os seus dados e informando qual localidade e formato você quer participar. Assim que abrirem novas turmas que atendam as suas necessidades enviaremos um e-mail para que você possa se inscrever. Sempre estamos abrindo novas turmas e expandindo os horizontes, em breve chegaremos até você.

  • Caso já tenha conferido o nosso FAQ e as informações que constam no site e ainda ficou com alguma dúvida, você pode encaminhar mensagem ao e-mail saltoaceleradora@impacthub.com.br e conversar com a nossa equipe. Se preferir, temos ainda um Instagram e Facebook . Ali mantemos todas as atualizações do programa e também estamos disponíveis para te responder no inbox.